Publicidade

Conecta Verde

SOLOS atua para alcançar meta mundial de redução de lixo, até 2050

Compartilhar

Startup criada por mulheres já coletou 315 toneladas de resíduos

 

 

Editado por Flavius Deliberalli / Crédito da imagem: Tayse Argolo

Você já parou para pensar como o lixo influencia na crise climática? Todo lixo recolhido para os lixões e aterros sanitários gera biogás, um dos principais causadores do efeito estufa – devido à alta concentração de metano e outros agentes poluentes. No Brasil, por exemplo, foram coletados 66,6 milhões de toneladas de resíduos sólidos domiciliares e públicos em 2020, sendo 1,01 kg por habitante ao dia, tendo como estimativa para destino final os aterros sanitários (73,8%), lixões (14,6%) e aterros controlados (11,6%), de acordo com o último levantamento realizado pelo Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS).

Em paralelo, a SOLOS, startup de desenvolvimento de soluções inteligentes e inovadoras para gestão de resíduos, atua frente às causas ambientais, abordando a sustentabilidade através da logística reversa e economia circular, visando colaborar no enfrentamento da crise climática e ambiental, devido ao acúmulo de CO2 e outros gases que levam ao efeito estufa na atmosfera.

“Onde há consumo, há resíduos. E, apesar de termos perspectivas alarmantes sobre o crescimento das toneladas de resíduos, existe também um movimento e aumento do número de iniciativas relacionadas à logística reversa e ao ASG, influenciado pelas políticas públicas e diretrizes do mercado financeiro. Por isso, quando abordamos o desafio do lixo, estamos falando necessariamente de repensar as formas do consumo. Desde a diminuição da frequência dessas compras, até o novo design das embalagens”, comenta Saville Alves, cofundadora da SOLOS.

Com o Acordo de Paris, e a meta mundial de redução de lixo até 2050 para zerar a emissão de gás carbônico, têm sido movimentadas iniciativas públicas e privadas como a SOLOS, que em linha com agenda ambiental, em sete anos de atuação, já coletou 315 toneladas de resíduos e impactou 240 cooperados, gerando renda através de projetos que visam promover a economia circular e logística reversa, através da integração de cooperativas e catadores de resíduos.

Mais informações:

SOLOS
https://alimentesolos.com.br

Conteúdo por:

Deixe um comentário

Recomendados para você

Pesquisar

Publicidade

Últimas notícias

Temas mais publicados