Publicidade

Conecta Verde

Terphane firma parceria estratégica com Avantium para o desenvolvimento de um filme de poliéster totalmente reciclável de base vegetal

Compartilhar

De acordo com as empresas, novo material (PEF) promete ser um dos desenvolvimentos mais inovadores para a indústria de embalagens plásticas flexíveis

Editado por Flavius Deliberalli

Seguindo uma forte tendência global de desenvolvimento de biomateriais, a Terphane, uma das empresas que lidera o mercado de filmes PET (poliéster) na América Latina, fortaleceu a parceria estratégica com a Avantium, iniciada em 2020, para o desenvolvimento de um filme PET (poliéster) feito, parcialmente, com PEF (polietileno furanoato), que é 100% de base vegetal e totalmente reciclável. O novo filme está em fase de testes na planta da Terphane, em Bloomfield, nos Estados Unidos.

“Este desenvolvimento será crucial para a Terphane atender a esta nova demanda do mercado global por soluções sustentáveis em embalagens flexíveis. O filme é feito parcialmente de PEF e tem todas as propriedades do filme PET tradicional, inclusive quanto à reciclagem no pós consumo. Além disso, o PEF garante excelente resistência térmica e barreira superior, aumentando a vida de prateleira dos produtos embalados”, revela Marcos Vieira, diretor Global de P&D da Terphane.

Segundo a Terphane, os testes iniciais nos Estados Unidos também mostraram que o material se comporta perfeitamente nas linhas de extrusão. Tanto é que recentemente a Ambev anunciou um novo acordo com a Avantium, justamente para utilizar o PEF em seu portfólio de garrafas multicamadas para refrigerantes no Brasil e na América Latina.

Com forte atuação na indústria de química renovável e sustentável, o carro chefe da holandesa Avantium é o inovador PEF (polietileno furanoato), cuja base é o FDCA (ácido furandicarboxílico) feito a partir de açúcares de origem vegetal. A empresa está construindo a primeira planta comercial do mundo para a produção de FDCA, com inauguração prevista para o final de 2023; o lançamento comercial do PEF deve acontecer a partir de 2024.

“Como resultado deste importante passo em pesquisa e desenvolvimento de bio materiais para embalagem, a Terphane está se preparando para oferecer para os seus clientes filmes de poliéster diferenciados e inovadores”, celebra Célia Freitas, gerente de Desenvolvimento de Negócios da Terphane.

Por fim, a Terphane informou que: estima produzir, a partir de 2025, cerca de 2.000 toneladas destes filmes de poliéster de fonte renovável e 100% recicláveis; este novo material já foi testado em várias concentrações, por importantes laboratórios internacionais, que confirmaram que o PEF (polietileno furanoato) não prejudica a reciclagem do PET; tão logo o PEF esteja disponível em escala industrial, o objetivo é reciclar filmes finos, filmes de PEF puro, blendas de PET+PEF e/ou filmes coextrusados de PET-PEF.

Mais informações:

Terphane
www.terphane.com

Avantium
www.avantium.com

Conteúdo por:

Deixe um comentário

Recomendados para você

Pesquisar

Publicidade

Últimas notícias

Temas mais publicados