Publicidade

Conecta Verde

O Boticário desenvolve tampas de embalagem de nova fragrância por meio do reúso do óleo de cozinha

Compartilhar

Segundo empresa, iniciativa prevê reduzir o uso de 11,68 toneladas de matéria-prima virgem e diminuir as emissões de gases de efeito estufa

Editado por Flavius Deliberalli

Arbo, marca de perfumaria de O Boticário, reforça seu compromisso em trazer inovações que visam diminuir o impacto ambiental na natureza e contribuir para um planeta mais equilibrado, anuncia que Arbo Puro, recente lançamento da marca, apresenta inovações em sua formulação e embalagem.

O projeto, em parceria com Nest, Borealis e Aptar, prevê a substituição de recursos fósseis por matérias-primas renováveis, visando eliminar gradualmente os plásticos utilizados na indústria da beleza.

“Em vez de petróleo bruto, para o desenvolvimento da nova tampa, são utilizados materiais de base biológica, como rejeito de óleos e gorduras coletados de restaurantes e indústrias de alimentos, na produção de polipropileno (PP) de segunda geração, feito de matéria-prima renovável e atestado pela International Sustainability & Carbon Certification (ISCC). Por meio da abordagem de balanço de massa, essa iniciativa visa reduzir não só o consumo de plástico obtido a partir do petróleo, como também as emissões de gases de efeito estufa, já que a nova tampa emite 51% menos dióxido de carbono (CO2) equivalente. A iniciativa ainda prevê reduzir o uso de 11,68 toneladas de matéria-prima virgem, sem impactar a cadeia de reciclagem do polipropileno, pois o novo material pode ser reciclado normalmente na cadeia já consolidada no Brasil”, comenta Gustavo Dieamant, diretor-executivo de P&D do Grupo Boticário.

Além da embalagem, a formulação da fragrância é composta por 92% de ingredientes de origem natural e promove a sensação de acalmar a mente, conforme teste de eficácia percebida realizado com consumidores, e contém Eco Álcool, feito a partir do bagaço da cana-de-açúcar e outros resíduos de biomassa, que antes eram queimados ou descartados.


Mais informações:

O Boticário
www.boticario.com.br

Conteúdo por:

Deixe um comentário

Recomendados para você

Pesquisar

Publicidade

Últimas notícias

Temas mais publicados