Publicidade

Conecta Verde

Nescafé Origens, marca de cafés especiais sustentáveis da Nestlé, obtém certificado carbono neutro

Compartilhar

De acordo com a marca, iniciativas proprietárias, como uso de embalagens recicláveis, reflorestamento da Mata Atlântica e compra de 100% de grãos cultivados em fazendas com práticas de agricultura regenerativa, propiciaram a redução e neutralização de emissões de carbono na cadeia produtiva do café

Editado por Flavius Deliberalli

Nescafé Origens do Brasil, a linha de cafés especiais e sustentáveis da Nestlé, acaba de conquistar a certificação de produto Carbono Neutro, de acordo com o The CarbonNeutral Protocol, principal framework global de neutralidade de carbono.

De acordo com a marca, o resultado está diretamente ligado aos seus quatro pilares de atuação: implantação de práticas agrícolas regenerativas; plantio de árvores em parceria com a Fundação SOS Mata Atlântica; redução da pegada de carbono em toda a cadeia de fornecimento; e compensação das emissões remanescentes de gases de efeito estufa, por meio de créditos de carbono verificados e de alta qualidade.

Atualmente, 35 famílias brasileiras fornecem grãos de café 100% arábica para a produção de café solúvel e torrado e moído (para coar) à linha Nescafé Origens do Brasil. Certificadas pelos principais programas de sustentabilidade, como o AtSource e o Código Comum da Comunidade Cafeeira (4C), essas fazendas cultivam café usando práticas agrícolas regenerativas e emitem menos carbono equivalente por quilo de café do que as referências existentes na cafeicultura brasileira, sendo modelos para o cultivo de baixo carbono. A última safra de café arábica dessas fazendas apresentou redução de 70% da pegada de carbono em comparação com 2021, segundo a Agrobiota, empresa especializada na implantação de práticas regenerativas na agricultura.

“Muito mais que o título de Carbono Neutro, essa conquista nos ajuda a amplificar nossa verdade para bem além da porteira das fazendas: o cuidado e o empenho que dedicamos todos os dias à cadeia do café, sempre em parceria com nossos produtores. Assim, conseguimos escalar nossas ações e, de fato, transformar a cafeicultura do país”, afirma Taissara Martins, gerente de ESG para cafés e bebidas da Nestlé.

A cadeia sustentável da marca Nescafé Origens inclui, ainda, desenvolvimento de embalagens e uso de tecnologia: as latas (para o café torrado e moído) e os vidros (para a versão solúvel) foram elaborados a fim de serem reciclados. Eles também possuem um QR Code vinculado ao blockchain usado pela marca para rastrear toda a sua cadeia de fornecimento, desde os cafezais até a distribuição do café aos consumidores.

Para obter a certificação CarbonNeutral, a Nestlé Brasil trabalhou com a Climate Impact Partners, especialista em soluções no mercado de carbono para ações climáticas.

“Entendemos que a conquista dessa certificação não é um resultado final, mas sim uma etapa da jornada que a Nestlé vem percorrendo em todas as suas categorias de alimentos. Juntamente com Nescafé Origens do Brasil, damos agora um passo muito importante para o futuro que queremos construir”, enfatiza Rachel Muller, vice-presidente de Cafés e Bebidas da Nestlé.


Mais informações:

Nestlé
www.nestle.com.br


Conteúdo por:

Deixe um comentário

Recomendados para você

Pesquisar

Publicidade

Últimas notícias

Temas mais publicados