Publicidade

Conecta Verde

Natura começa a eliminar plástico de uso único de amostras de perfumaria e evitará descarte de 83 toneladas do material

Compartilhar

Segundo marca, 81% da matéria-prima de suas embalagens já é reutilizável, reciclável ou compostável

Editado por Flavius Deliberalli

Com o compromisso de tornar o material de todas as suas embalagens 100% reutilizável, reciclável ou compostável até o final da década, a Natura deu início a um projeto para eliminar o plástico de uso único de todas as amostras de perfumaria.

A partir de agora, segundo a marca, as embalagens serão gradualmente feitas de papel de fontes renováveis e oriundo de florestas plantadas e certificadas. O processo está sendo realizado em parceria com a Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto.

Os flaconetes, que hoje são de plástico virgem, também passarão a ser de plástico 100% reciclado. Com esse movimento, a empresa espera que, anualmente, cerca de 83 toneladas de plástico de uso único deixem de ser descartadas no meio ambiente e, consequentemente, no principal destino desses resíduos: os ecossistemas marinhos.

“Decidimos começar esse projeto pelas amostras das fragrâncias de Kaiak Vital, uma das linhas da icônica marca Kaiak, que sempre teve uma forte conexão e relação com o mar e que, a partir de 2020, passou a atuar e chamar a atenção para um dos temas mais sensíveis e alarmantes dos tempos atuais: a poluição das águas”, explica Denise Coutinho, diretora de marketing da Natura.

De acordo com a Suzano, para atender à crescente demanda da sociedade por um futuro mais sustentável, é fundamental unir forças com parceiros que caminham na mesma direção e com valores semelhantes. “Ficamos muito felizes em estar com a Natura em uma iniciativa que contribui para reforçar o nosso compromisso de oferecer, até 2030, 10 milhões de toneladas de produtos de origem renovável, desenvolvidos a partir da biomassa de eucalipto, para substituir plásticos e outros derivados do petróleo”, destaca Fabio Almeida, diretor executivo de Papel e Embalagens da Suzano.


Mais informações:

Natura
www.natura.com.br

Suzano
www.suzano.com.br

Conteúdo por:

Deixe um comentário

Recomendados para você

Pesquisar

Publicidade

Últimas notícias

Temas mais publicados