Publicidade

Conecta Verde

Irani amplia oferta de produto no mercado de embalagens sustentáveis com linha antimicrobiana

Compartilhar

Nova solução da empresa está disponível também em bobina de papel e atende diferentes segmentos

Editado por Flavius Deliberalli

A Irani Papel e Embalagem S.A., uma das principais indústrias de papel e embalagens sustentáveis do Brasil, segue inovando e ampliando a oferta de soluções mais seguras no mercado. A linha antimicrobiana, inicialmente aplicada no papel utilizado na produção de caixas e chapas de papelão ondulado, agora está disponível também em bobinas de papel (linha BagKraft).

Com isso, segundo a fabricante, o objetivo é expandir o produto para empresas de diferentes segmentos e intensificar a proteção contra a transmissão de fungos, bactéria e vírus.

O produto, fabricado com matéria-prima reciclada, conta com componentes atóxicos com íons de prata, que criam uma barreira de proteção e inativam fungos, bactérias e vírus da superfície da embalagem, garantindo assim mais higiene, saúde e proteção aos produtos que acomoda e também às pessoas que manuseiam a embalagem.

A solução tem como diferencial ainda a durabilidade, já que a proteção antimicrobiana permanece ativa durante toda a vida útil do papel e da embalagem, mesmo se entrar em contato com outras substâncias.

“O lançamento da linha antimicrobiana Irani foi um marco na história da indústria de papel e embalagens sustentáveis do país, especialmente no momento em que nós nos encontrávamos, o auge da pandemia do coronavírus. Agora, após um amplo estudo sobre tendências de consumo, concluímos que o produto tem potencial de mercado para ser ofertado de outra forma, atender ainda mais empresas e dar continuidade aos cuidados com a saúde dos consumidores”, diz Sérgio Ribas, diretor-presidente da Irani.

Com 99% de inativação de fungos, bactérias e vírus no papel e 99,9% em chapas e caixas, segundo testes realizados, a Linha Antimicrobiana comercializada em bobinas de papel pode ser convertida em sacos de delivery, sacolas para varejo, entre outros. Já as chapas de papelão ondulado podem ser convertidas em diversos produtos como caixas, brinquedos para crianças e itens para pets, enquanto as caixas podem ser utilizadas para acondicionamento e transporte dos mais diversos itens, como embalagens para e-commerce, entre outros.

Por fim, a Irani informou que para desenvolver o produto realizou uma série de testes junto à Nanox Tecnologia. Na etapa final, os testes foram conduzidos pela Quasar Bio, referência em ensaios com SARS-CoV-2 (Covid-19) e realizados em laboratório de biossegurança de nível 3 (NB3) do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, a USP.


Mais informações:

Irani
https://irani.com.br/

 

Conteúdo por:

Deixe um comentário

Recomendados para você

Pesquisar

Publicidade

Últimas notícias

Temas mais publicados