Publicidade

Conecta Verde

iFood realiza pesquisa para avaliar a relevância de embalagens sustentáveis e o envolvimento do consumidor com o tema

Compartilhar

Pesquisa online entrevistou cerca de 1.112 pessoas

Editado por Flavius Deliberalli

Com o objetivo de avaliar a relevância de embalagens sustentáveis e o envolvimento do consumidor com o tema, o iFood divulgou uma recente pesquisa, conduzida pelo instituto Opinion Box, que aponta que 76% dos clientes consideram importante ter na embalagem algum selo que comprove a sustentabilidade. Além disso, o estudo destaca também que 54% das pessoas ouvidas dizem que priorizam pedidos em restaurantes que tenham embalagens sustentáveis para o envio da comida. Os resultados foram obtidos após entrevistas online com 1.112 pessoas que realizaram ao menos um pedido de comida no delivery nos 30 dias antes da coleta de dados, que aconteceu entre os dias 8 e 17 de março de 2023.

A respeito de materiais, 54% dos consumidores acreditam que embalagens de papel e/ou compostáveis são as mais sustentáveis, sendo ainda as preferidas de 41% dos respondentes. Em relação a rejeição, dentro dos 71% que rejeitam algum tipo de embalagem, a que menos gostam é a de alumínio.

A pesquisa, que faz parte dos esforços do iFood para um futuro mais sustentável, entre eles, o compromisso público de zerar a poluição plástica até 2025, apontou ainda que 52% dos consumidores entendem que os restaurantes são os responsáveis por iniciar esse movimento de uso de embalagens mais sustentáveis, e que concordam em pagar mais pela refeição em decorrência da troca de embalagens. Cerca de 60% dos entrevistados responderam que pagariam R$ 2 a mais para receber o seu pedido no delivery em embalagens sustentáveis.

Outro dado importante da pesquisa é que apenas 28% dos respondentes já deixaram de ser clientes de um restaurante por utilizar embalagens prejudiciais ao meio ambiente.

“Vamos acelerar o compromisso de redução do plástico no delivery por meio da adesão às embalagens sustentáveis por parte de restaurantes e conscientização de clientes. Para isso, estamos usando nossa tecnologia para criar novas soluções em embalagens testadas e aprovadas por nós, garantindo uso seguro e com excelente experiência ao cliente final e um custo mais baixo para o restaurante”, pontua Gustavo Vitti, vice-presidente de Pessoas e Sustentabilidade do iFood.

Para mudar o cenário atual, a partir destes resultados, o iFood iniciou a campanha “Hambúrguer no Papel”, com o lançamento de novas embalagens mais alinhadas aos conceitos de sustentabilidade em parceria com a Klabin, uma das maiores produtoras e exportadoras de papéis para embalagens do Brasil. Cerca de 30 hamburguerias em todo o país receberão as novas embalagens para essa primeira fase do projeto.

Mais informações:

iFood
www.ifood.com.br

Conteúdo por:

Deixe um comentário

Recomendados para você

Pesquisar

Publicidade

Últimas notícias

Temas mais publicados