Publicidade

Conecta Verde

Programa de reciclagem de isopor da Termotécnica contribui com a cadeia de reciclagem em diversas regiões do país

Compartilhar

Segundo empresa, iniciativa gera cerca de 100 empregos diretos

Editado por Flavius Deliberalli

Antecipando-se à Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), desde 2007 a Termotécnica vem sendo reconhecida no Brasil e no exterior por sua contribuição para dar nova vida às embalagens pós-consumo de EPS, mais conhecido como isopor.

Através do Programa Reciclar EPS, a companhia vem transformando um material antes rejeitado nas coletas seletivas em um insumo valorizado no mercado e contribuindo para a inclusão sócio-produtiva de famílias de baixa renda que vivem desta cadeia de reciclagem.

Neste período, segundo a empresa, já foram recuperados mais de 44 mil toneladas de EPS pós-consumo, o que representa 1/3 do material reciclado no mercado. “Todos nós, como sociedade, temos que estar conscientes de que uma vez que um material, produto ou embalagem, seja utilizado, temos a responsabilidade individual por sua correta destinação. Mas para isso é preciso também que os agentes públicos e privados ofereçam condições para esta destinação correta dos materiais, com um sistema de gestão de resíduos, de coleta e reciclagem como preconiza a Política Nacional de Resíduos Sólidos”, afirma Albano Schmidt, presidente da Termotécnica.

Para ampliar o volume de captação do material a ser reciclado, a Termotécnica vem buscando expandir a cobertura do programa por intermédio de uma rede de parceiros que envolve cooperativas e associações de recicladores, gerenciadores de resíduos e prefeituras, entre outras, de forma a reforçar a conscientização para a destinação correta, reciclagem e reintrodução do EPS pós-consumo e pós-industrial na cadeia produtiva.

Atualmente o Programa Reciclar EPS gera cerca de 100 empregos diretos, conta com mais de 1,2 mil Pontos de Coleta e 300 cooperativas de recicladores parceiras no país, o que impacta diretamente mais de cinco mil famílias. “Sendo a única fonte de renda de recicladores autônomos e associações, com esse trabalho aumentamos a demanda, valorizamos e ampliamos os ganhos destas famílias”, afirma Schmidt.

Por fim, visando ampliar a taxa de reciclagem de EPS, a Termotécnica disponibiliza o site www.reciclareps.com.br, que localiza em todo o território nacional os pontos de entrega voluntária (PEV) deste material.


Mais informações:

Termotécnica
www.termotecnica.com.br

Conteúdo por:

Deixe um comentário

Recomendados para você

Pesquisar

Publicidade

Últimas notícias

Temas mais publicados