Publicidade

Conecta Verde

PepsiCo equipa frota de caminhões com placas solares e baú feito com materiais reciclados

Compartilhar

Expectativa da empresa é que projeto proporcione a redução de emissão de 7,8 toneladas de CO²/ano

 

 

Editado por Flavius Deliberalli / Crédito da imagem: Joel Silva

 

Celebrando 70 anos no Brasil, a PepsiCo, uma das maiores empresas de alimentos e bebidas do mundo, apresenta mais um avanço em sua agenda ESG, chamada globalmente de PepsiCo Positive (pep+), agora com foco na distribuição de seus produtos.

A companhia anunciou que os baús de sua frota de 400 caminhões passarão a ser fabricados com uma comoposição de fibra de vidro, BOPP – plástico flexível de embalagens de snacks e PET de garrafas recicladas. O projeto contempla ainda a instalação de painéis solares de filmes fotovoltaicos orgânicos (Organic Photovoltaics – OPV), tecnologia que garantirá a redução de emissões de gases de efeito estufa (GEEs) em mais de 250 destes veículos.

A iniciativa, conforme informado pela empresa, está em linha com suas metas, que preveem a redução de emissões de gases de efeito estufa, globalmente, em 40% até 2030.

A expectativa da empresa com o projeto dos baús compostos por materiais reciclados é de recuperar aproximadamente 10 toneladas de plástico; ou o equivalente a 157 mil garrafas PET e mais de 376 mil embalagens de snacks, garantindo a circularidade desses materiais.

“Temos metas robustas em nossa estratégia ESG e estamos investindo fortemente para alcançá-las. Nosso time busca parcerias e desenvolve conjuntamente soluções para que possamos acelerar essas transformações e diminuir o nosso impacto no meio ambiente e até regenerá-lo. Queríamos uma solução inovadora e que utilizasse energia limpa para nos apoiar na descarbonização da frota, e estamos felizes em entregar essa solução”, afirmou Paulo Quirino, vice-presidente de operações da PepsiCo Brasil.

A empresa destaca ainda que através do investimento nos painéis solares, parte do combustível que seria consumido pelos caminhões será substituído por energia zero carbono, captada pelos painéis instalados nos veículos e fabricados com um filme tecnológico mais leve, mais eficiente em relação ao projeto atual e que propicia a recarga constante da bateria, inclusive com o veículo desligado.

Por fim, a empresa informou que no projeto serão economizadas cerca de 7,8 toneladas de CO²/ano com os primeiros 250 caminhões, o equivalente ao plantio de mais de 860 árvores.

Mais informações:

PepsiCo
www.pepsico.com.br

Conteúdo por:

Deixe um comentário

Recomendados para você

Pesquisar

Publicidade

Últimas notícias

Temas mais publicados