Publicidade

Conecta Verde

iFood firma parceria com startup growPack para desenvolver embalagens de menor impacto ambiental

Compartilhar

Startup produz embalagens a partir da palha do milho

Editado por Flavius Deliberalli

O iFood, umas das empresas brasileiras de referência em delivery online, anunciou investimento de US$ 100 mil, em 2023, para a escala de produção de embalagens de menor impacto ambiental, com fabricação inicial de 500 mil unidades para testes.

As bandejas com tampa para transporte de alimentos foram desenvolvidas pela startup parceira growPack, que usa tecnologia de ponta para desenvolver produtos que têm como matéria prima a palha do milho e outros materiais compostáveis.

Em 2022, cerca de 30 mil embalagens já foram produzidas para a fase de testes. Destas, 18 mil já foram entregues, gratuitamente, para alguns restaurantes parceiros de diferentes tipos de culinária na região de Campinas (SP).

“As empresas se uniram com inteligência de mercado e expertise para construir uma embalagem melhor e mais resistente, que cause menos impacto ao meio ambiente, tanto durante sua produção, quanto no descarte. Além disso, queremos que o produto passe a fazer parte do dia a dia dos restaurantes parceiros como uma alternativa viável para a proteção e conservação dos alimentos do delivery, com consciência socioambiental”, afirma Alexandre Lima, gerente de sustentabilidade do iFood.

A growPack, sediada em Vinhedo (SP), utiliza uma tecnologia 100% mecânica e adaptável a outros tipos de biomassa, além da casca do milho. No processo, não há cozimento químico nas matérias-primas, o que reduz a pegada ecológica e os custos de produção.

“A principal característica da embalagem de palha de milho é ser totalmente compostável, reduzindo o impacto no meio ambiente e nos oceanos, pois não gera microplásticos. Além disso, sua cadeia produtiva é 100% rastreável e a tecnologia para fabricação é termomecânica, o que quer dizer que não utiliza químicos nocivos e ainda reduz 80% do consumo de água e metade das emissões, se comparado com a produção dos papéis, e papelão. Tudo isso diminui a pegada ambiental e aumenta a eficiência no uso dos recursos. A growPack tem uma tecnologia pioneira no mundo. Inovamos a partir de uma tecnologia que já é tendência em outros países e criamos um processo próprio para dar origem a um biomaterial ainda mais funcional e sustentável que a fibra moldada tradicional”, explica Exequiel Bunge Berg, CEO da growPack.


Mais informações:

iFood
www.ifood.com.br

growPack
https://www.growpack.bio/

Conteúdo por:

Deixe um comentário

Recomendados para você

Pesquisar

Publicidade

Últimas notícias

Temas mais publicados