Publicidade

Conecta Verde

Havaianas reCICLO: programa de logística reversa da Havaianas anuncia expansão no Brasil

Compartilhar

De acordo com a marca, criado há menos de dois anos como um projeto piloto, programa já garantiu o descarte adequado e a reciclagem de um volume equivalente a 64% da lotação do estádio do Maracanã com torcedores calçando Havaianas

Editado por Flavius Deliberalli

Iniciado em dezembro de 2020, com um projeto piloto em poucas lojas da marca, o Havaianas reCICLO nasceu com o objetivo de conscientizar os consumidores sobre o descarte adequado de sandálias além de promover a reciclagem, em parceria com a TrashIn, startup especializada em soluções inovadoras para a gestão de resíduos. Agora, no ano em que completa dois anos, Havaianas amplia o programa, totalizando 84 lojas em 24 cidades. Dos 13 estados atendidos no total, seis foram incluídos nesta etapa: Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Distrito Federal, Paraná e Santa Catarina.

Ainda de acordo com a marca, desde seu início, o Havaianas reCICLO já beneficiou cerca de 513 famílias através das cooperativas de reciclagem e garantiu o descarte adequado e a reciclagem de um volume equivalente a 64% dos torcedores no estádio do Maracanã calçando Havaianas. Ao invés de virar lixo, essas sandálias são transformadas em outros produtos como tapetes, pneus maciços utilizados em carrinhos de mão e mobiliários revestidos de manta de borracha, como os bancos e prateleiras presentes em lojas Havaianas. Além disso, toda a rota logística do programa foi estruturada para ser carbono zero, com o uso de bicicletas na coleta em algumas lojas e da compensação do carbono emitido pelos outros modais – como carro e caminhão – por meio do plantio e da preservação de árvores na Amazônia.

“Queremos inspirar boas práticas dentro da agenda sustentável, com a coleta e reciclagem de produtos pós-consumo e de uma agenda de promoção dessa prática em escala cada vez mais ampla. As sandálias Havaianas podem fazer parte de um novo ciclo de impacto socioambiental positivo que envolve a reciclagem do produto e a geração de renda para as cooperativas de reciclagem parceiras”, comenta Zezé De Martini, diretora de Sustentabilidade e Reputação da Alpargatas, empresa dona da Havaianas.

O Havaianas reCICLO começou com o objetivo de testar o modelo nas cidades de São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ). Em poucos meses, o programa incorporou novos pontos de coleta, chegando às cidades de Fortaleza (CE), Recife (PE), Salvador (BA), Aracaju (SE), Porto Alegre (RS), Campinas e região metropolitana de São Paulo (SP) e Ilha Grande (RJ). Em 2021 o programa expandiu-se globalmente, chegando na Europa, América do Norte, África e Ásia. Hoje, já são 122 pontos de coletas em 12 países.

Para descartar suas sandálias basta ao consumidor depositá-las em um dos coletores Havaianas reCICLO, disponíveis nas lojas da marca em mais de 20 cidades espalhadas pelo Brasil. A lista com todas as unidades participantes está disponível aqui.


Mais informações:

Havaianas
https://havaianas.com.br/

Conteúdo por:

Deixe um comentário

Recomendados para você

Pesquisar

Publicidade

Últimas notícias

Temas mais publicados