Publicidade

Conecta Verde

Bimbo detalha ações e metas para diminuir o impacto ambiental de suas operações

Compartilhar

Confira entrevista exclusiva com Mario Escotero, diretor de gestão de pessoas, comunicação e assuntos corporativos da empresa

Por Elen Nunes / Editado por Flavius Deliberalli

Nesta oportunidade, o portal Conecta Verde conversou com Mario Escotero, diretor de gestão de pessoas, comunicação e assuntos corporativos da Bimbo Brasil. O executivo detalhou planos, ações e metas da empresa, uma das maiores do mundo no ramo alimentício, para diminuir o impacto ambiental de suas operações.

Leia agora:

1- Temos visto diversas iniciativas da Bimbo em busca de reduzir o impacto ambiental de suas atividades, como aterro zero em fábricas, uso de energia elétrica proveniente de fonte renováveis etc. Como avançam esses projetos com foco nos processos industriais e como tem sido a tomada de decisão para tais investimentos?
O Grupo Bimbo tem como propósito “Alimentar Um Mundo Melhor”, que também envolve reduzir o impacto ambiental em suas operações. Globalmente, a companhia tem como objetivo em todas as suas operações utilizar 100% de energia limpa até 2025. E seguindo à campanha Race To Zero (corrida ao zero) – agenda global apoiada pela Organização das Nações Unidas (ONU), que reúne lideranças com objetivo de contribuir para o compromisso de ser zero emissão líquida de carbono até 2050. Atualmente, a Bimbo Brasil tem como objetivo reduzir o impacto ambiental em suas operações. A empresa alcançou a meta de ter 100% das embalagens produzidas com materiais recicláveis. Para isso, foram reduzidas as gramaturas das embalagens e o consumo de plástico. Também foram desenvolvidos os primeiros fitilhos sem arame do mercado de pães brasileiro, possibilitando 100% da reciclagem do material. Além de realizar ajustes no tamanho das embalagens de alguns produtos, para que não tenha uso excessivo e desnecessário de plástico.

A Bimbo já conta com duas plantas aterro zero: Raposo e Gravataí, que realizam a gestão sustentável dos resíduos sem que impactem o meio ambiente, trazendo benefícios tanto para a planta como para seu entorno. Todos os resíduos são destinados para ativar a economia circular, com processo de reciclagem, coprocessamento, compostagem entre outros. Assim, evita o descarte inapropriado de materiais que ainda podem ser reaproveitados para outras atividades econômicas. As demais quatro plantas da empresa seguem com o projeto em implantação, pois essa iniciativa faz parte do planejamento contínuo de sustentabilidade da empresa.


2- A respeito da redução de plástico em embalagens, quais outras melhorias foram realizadas para diminuir o impacto ambiental das embalagens Bimbo?
Para diminuir o impacto ambiental, o Grupo Bimbo irá tornar 100% de suas embalagens possíveis de serem recicláveis ou reutilizáveis até 2030. O objetivo é garantir que tenham uma economia circular e, para cumprir a meta, a companhia está implementando três ações principais: tecnologia de embalagens, diminuição no uso de plásticos e alianças pós-consumo.

A Bimbo Brasil também iniciou o processo de utilizar matérias-primas passíveis de serem recicladas na composição de suas embalagens, além de deixar de utilizar mais de 800 mil quilos de tinta e mais de 1.500 toneladas de solvente por ano. Com estas ações, a companhia auxilia no equilíbrio dos impactos dos resíduos sólidos na natureza, incentiva a cadeia de reciclagem de materiais complexos e ainda oferece sustentabilidade financeira para o setor.


3- A Bimbo é uma das líderes no segmento de panificação, presente na maioria das casas dos brasileiros. Como tem chegado até vocês o aumento da demanda por embalagens mais sustentáveis? Percebem essa cobrança por parte dos consumidores? De que forma?
As exigências desse novo consumidor são refletidas em pesquisas recentes: segundo dados Nielsen, para um terço dos brasileiros, o consumo sustentável está entre os três maiores fatores de decisão de compra. Portanto, a Bimbo Brasil iniciou este processo que, além de utilizar matérias-primas passíveis de serem recicladas na composição de suas embalagens, pois essa é uma tendência mundial, está alinhado com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – ONU. O Grupo Bimbo tem como objetivo global que, até 2025, todas as embalagens sejam 100% recicláveis.

“Para diminuir o impacto ambiental, o Grupo Bimbo irá tornar 100% de suas embalagens possíveis de serem recicláveis ou reutilizáveis até 2030. O objetivo é garantir que tenham uma economia circular e, para cumprir a meta, a companhia está implementando três ações principais: tecnologia de embalagens, diminuição no uso de plásticos e alianças pós-consumo”

4- A maioria das marcas afirmam que custo é o grande desafio ao optarem por embalagens de menor impacto. Concorda? Explique.
As embalagens desenvolvidas a partir de tecnologias, materiais e/ou fontes renováveis hoje no Brasil, possuem uma demanda ainda relativamente baixa de compra para os fornecedores de embalagens. Isso ocorre, pois a matérias-primas ou parte ainda são importadas. Dessa forma, o desembolso para esses tipos de materiais infelizmente não é tão acessível para todos, impactando no custo do produto e no preço para o consumidor. Já temos algumas empresas no Brasil que estão desenvolvendo soluções nacionais para absorver esse desafio.


5- Quais outras dificuldades que vocês percebem para escolher uma embalagem de menor impacto ambiental? Fornecedores? Materiais? Processos? Equipamentos? Segurança do alimento? Logística? Profissionais capacitados? Detalhe.
Como complemento da pergunta 3, as dificuldades estão em materiais que normalmente são importados, ou que possuem uma baixa demanda no Brasil com custo alto.


6- Sobre a importância dos fornecedores de embalagens que atendem a Bimbo, o tema ‘sustentabilidade’ é critério de escolha para os atuais parceiros? Explique.
A sustentabilidade é o principal critério que permeia todo esse processo e envolve desde o desenvolvimento das embalagens até a entrega da embalagem em si. Com isso, todos os fornecedores precisam estar atuando da mesma maneira, pensando em como podemos diminuir o impacto, não só em redução de plástico, mas o impacto em toda a economia circular.


7- Como você acha que a indústria pode contribuir para a educação ambiental do consumidor? Para que os resíduos sejam descartados de forma correta? A Bimbo tem alguma ação nesse sentido?
A Bimbo está reformulando a comunicação nas embalagens dos produtos e orientando sobre o correto descarte pelo consumidor. A partir deste ano, a Bimbo também patrocinará projetos relacionados ao tema de educação ambiental e sustentabilidade.

“A sustentabilidade é o principal critério que permeia todo esse processo e envolve desde o desenvolvimento das embalagens até a entrega da embalagem em si”

8- Para finalizar, deseja mencionar outros aspectos importantes relacionados à sustentabilidade das embalagens da Bimbo, tais como circularidade, logística reversa, projetos específicos e/ou metas?
A Bimbo Brasil busca sempre novas soluções para colaborar, cada vez mais, com o meio ambiente. Atualmente, a empresa participa setorialmente de um programa de logística reversa, de atuação nacional, alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – ONU que visa ativar a economia circular, gerando emprego e renda.

 

 

 

Conteúdo por:

Deixe um comentário

Recomendados para você

Pesquisar

Publicidade

Últimas notícias

Temas mais publicados