Publicidade

Conecta Verde

Vendas de latas para água da Ball dobraram em relação a 2021

Compartilhar

Segundo empresa, água em lata é tendência sustentável do mercado de bebidas no Brasil

Editado por Flavius Deliberalli

Já conhecida como a embalagem tradicional das cervejas, refrigerantes e energéticos, a lata de alumínio vem ganhando espaço entre outras bebidas no Brasil, como vinho, café, drinks prontos e água mineral.

A Ball Corporation, uma das protagonistas do mercado no desenvolvimento da categoria de água em lata desde 2020, registrou o dobro de vendas até setembro deste ano em comparação ao ano passado. A expectativa da empresa é chegar à marca de dezenas de milhares de latas somente para esta categoria em 2023.

De acordo com a empresa, este crescimento surge alinhado às tendências sustentáveis, com 60% dos consumidores da Geração Z tendo preocupações acerca deste tema ao escolherem marcas e produtos, segundo o Edelman Trust Barometer 2022, em seu relatório especial “A nova dinâmica da influência”. Além disso, o aumento no consumo das bebidas em lata, apontado como 5,2% em 2021 pela Abralatas, é justificado pelas vantagens da embalagem: quando descartada corretamente, volta às prateleiras como uma nova lata em até 60 dias, sendo 100% e infinitamente reciclável, com taxa de reciclagem de aproximadamente 99% no Brasil, o que exemplifica um modelo perfeito de economia circular, além de um consumo de até seis vezes menos água durante a fabricação em comparação com outras embalagens. A companhia ainda espera um crescimento anual do mercado de latas para águas de dois dígitos altos, entre 2023 e 2027.

“Observamos um novo perfil de consumidor nas novas gerações, muito mais atento a hábitos saudáveis para os produtos que consome. Por isso, achamos incrível quando produtos como a água em lata, conectados diretamente com mensagens sustentáveis, ganham atenção. Pensando que a água é o melhor que a natureza pode nos oferecer, imprescindível para nossa sobrevivência, a água em lata é o melhor que podemos oferecer para a natureza”, explica Hugo Magalhães, diretor de marketing e novos negócios da Ball para América do Sul.

Mais informações:

Ball Corporation
www.ball.com

Conteúdo por:

Deixe um comentário

Recomendados para você

Pesquisar

Publicidade

Últimas notícias

Temas mais publicados