Publicidade

Conecta Verde

Amanco Wavin atinge meta de ZERO resíduo em aterros sanitários

Compartilhar

Meta de sustentabilidade global estabelecida pelo Grupo Orbia em 2019 será alcançada 3 anos do previsto pela empresa no Brasil

Editado por Flavius Deliberalli

A Amanco Wavin, marca comercial da Wavin, uma das maiores fabricantes de tubos e conexões do mundo, atingirá a meta de zero descarte de resíduos em aterros sanitários até o fim deste ano, três anos antes do prazo estipulado pelo Grupo Orbia, holding da empresa, que era 2025.

De acordo com a empresa, o envio dos resíduos para reciclagem e reutilização é sempre priorizado nas oito unidades da Wavin no Brasil. Para os demais resíduos – que realmente não há possibilidade de reciclar ou reutilizar – há tratativas diferentes. Os resíduos orgânicos (restos de alimentos) são enviados para compostagem nas unidades de Suape (PE), Sumaré (SP) e Ribeirão das Neves (MG) e para reutilização em produção de ração animal nas unidades de Floresta e Glória, ambas em Joinville (SC).

“As unidades possuem centrais de resíduos, onde ficam armazenados até que a coleta por empresa especializada seja realizada. Alguns exemplos de materiais passíveis de reciclagem que são enviados para reaproveitamento são plásticos, papel, papelão, sucata, big bags, pallets e madeira. Em Suape e Sumaré, neste primeiro semestre já alcançamos a meta de 100% de destinação para reuso ou reciclagem, com zero descarte em aterro. Nas outras unidades estamos entre 90 e 96% de descarte para reciclagem e, com o trabalho de ações de educação ambiental sobre a importância da coleta seletiva, adesão à compostagem em todas as unidades fabris e constante monitoramento, vamos atingira meta antes do fim do ano. Acreditamos no crescimento econômico pelo respeito à sociedade e ao meio ambiente, por isso essa gestão correta dos resíduos é tão importante para a Wavin”, afirma Adriano Perboni, diretor de manufatura da Amanco Wavin.

Por fim, a Wavin informou que também pratica a logística reversa das embalagens comercializadas através de um projeto específico, além de contar com recipientes para armazenamento de gases refrigerantes.


Mais informações:


Amanco Wavin
www.wavin.com/pt-br

Orbia
www.orbia.com

Conteúdo por:

Deixe um comentário

Recomendados para você

Pesquisar

Publicidade

Últimas notícias

Temas mais publicados